• Facebook Clean
  • Instagram Clean

Avenida Pavão, 342, Moema - São Paulo 

(11) 9 76755057

Registo no Crefito -3 
9377/SP

© 2017 Clínica Raquel Castanharo. Todos os direitos reservados.

É possível identificar a pisada pelo desgaste do tênis?

 

Seu tênis apresenta maior desgaste na parte de fora da sola. Então você precisa de um tipo de tênis para quem tem pisada para fora (supinada), certo? Errado! O desgaste do tênis não é um bom indicativo do tipo de pisada e não deveria ser levado em conta na hora da escolha do tênis. Descubra o porquê:

 

* É normal o tênis gastar mais do lado de fora: Em uma passada normal da corrida, o pé aterrissa no chão inclinado para a lateral (em supinação). Como a aterrissagem é o momento de maior impacto e de maior sobrecarga para o tênis, ele fica com um desgaste assimétrico na sola. Isso não significa necessariamente que haja algum problema com a pisada.

 

* O tipo de pisada não é avaliado nem no início nem no final da passada: No início do passo, o tornozelo está inclinado para fora (supinação). Ao final do passo, ele inclina-se para dentro (pronação), o que faz parte do movimento natural da corrida e também pode gerar desgaste assimétrico na sola do tênis.

A avaliação do tipo de pisada, se pronada, supinada ou neutra, é feita no meio da passada, quando o corpo está “ereto” sobre o pé.

 

* O tipo de pisada não deveria influenciar na escolha do tênis: Eu sei que esse é um tema polêmico e que muitas vezes é complicado de assimilar. No entanto, pesquisas científicas mostram que não há evidências de que usar um tênis específico para o seu tipo de pisada vá diminuir as chances de lesões e que um tênis neutro e confortável seria o ideal. 

 

Texto publicado originalmente em minha coluna no Eu Atleta http://glo.bo/1EgRePS

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Tratamento de corredores
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon