• Facebook Clean
  • Instagram Clean

Rua Bento de Andrade, 103, Jardim Paulista - São Paulo 

(11) 97675-5057

Registo no Crefito -3 
9377/SP

© 2017 Clínica Raquel Castanharo. Todos os direitos reservados.

É possível identificar a pisada pelo desgaste do tênis?

21/10/2015

 

​​Seu tênis apresenta maior desgaste na parte de fora da sola. Então você precisa de um tipo de tênis para quem tem pisada para fora (supinada), certo?  

 

Errado. O desgaste do tênis não é um bom indicativo do tipo de pisada e não deveria ser levado em conta na escolha do tênis. Veja por que:

 

- É normal o tênis gastar mais do lado de fora: Em uma passada normal da corrida o pé aterrissa no chão inclinado para a lateral (em supinação). Como a aterrissagem é o momento de maior impacto e de maior sobrecarga para o tênis ele fica com um desgaste assimétrico na sola e isso não significa necessariamente que haja algum problema com a pisada.   

 

- O tipo de pisada não é avaliado nem no início nem no final da passada: No início do passo o tornozelo está inclinado para fora (supinação). Ao final do passo ele inclina-se para dentro (pronação) o que faz parte do movimento natural da corrida e também pode gerar desgaste assimétrico na sola do tênis. 

A avaliação do tipo de pisada, se pronada, supinada ou neutra, é feita no meio da passada, quando o corpo está “ereto” sobre o pé. 

 

- O tipo de pisada não deveria influenciar na escolha do tênis: Eu sei que esse é um tema polêmico e que muitas vezes é complicado de assimilar. Mas o que as pesquisas científicas mostram é que não há evidências de quem um tênis específico para o seu tipo de pisada vá diminuir as chances de lesões e que um tênis neutro e confortável seria o ideal.  

 

Post publicado originalmente em minha coluna no Eu Atleta.

 

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Tratamento de corredores
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon