• Facebook Clean
  • Instagram Clean

Avenida Pavão, 342, Moema - São Paulo 

(11) 9 76755057

Registo no Crefito -3 
9377/SP

© 2017 Clínica Raquel Castanharo. Todos os direitos reservados.

Corredor precisa fortalecer os pés. Conheça o Foot Core

Core, power house, centro de força, equilíbrio tóraco-abdominal. Esses termos ficaram conhecidos com a popularização do pilates e continuam sendo muito ouvidos nas aulas de trainamento funcional e cross fit. Trabalhar o core significa trabalhar a estabilidade. Treinar para que as camadas musculares funcionem harmonicamente dando suporte para os movimentos.

 

Mas esse conceito de core e estabilidade não precisa ficar restrito ao tronco. Um grupo coordenado pela pesquisadora Irene Davis, da Universidade de Harvard, está propondo uma nova teoria: um sistema de core no pé, o foot core system.

 

O pé possui vários pequenos músculos que ficam localizados exclusivamente em seus ossos, chamados de intrínsecos do pé (eles não têm relação com o tornozelo e a canela). Embora pequenos eles têm duas funções importantes: ajudar na formação e manutenção dos arcos do pé (para que ele não fique um “pé chato”) e dar estabilidade ao pé, permitindo que seus movimentos ocorram de forma adequada. É como no tronco, onde os músculos pequenos e mais profundos dão firmeza para os movimentos de músculos maiores.               

 

Há algumas pesquisas mostrando que o pé chato pode melhorar com o recrutamento desses músculos intrínsecos do pé e que eles são indispensáveis para os movimentos da corrida.               

 

O problema é que esses pequenos músculos, do foot core, são muito vezes negligenciados por corredores e pelos próprios profissionais da saúde. O pé é em segmento essencial para a corrida, mas a gente só treina braço, perna e tronco, não é mesmo?

 

Vou dar uma sugestão de exercícios para tirar o pé do esquecimento e treinar o foot core: A ideia é trabalhar os músculos que estão exclusivamente no pé, então é importante mover a perna o mínimo possível e se concentrar na região central do pé, que é onde esses músculos estão. O exercício consiste em elevar o arco medial do pé (aquela curva na parte interna) sem mover os dedos e a perna. No início é difícil, mas com a prática você vai conseguindo trabalhar esses músculos mais internos (assista ao vídeo Como fortalecer os seus pés).

 

Minha experiência clínica mostra que o foot core, a estabilidade do pé, é tão importante quanto o trabalho do core do tronco. Espero que em breve eles sejam igualmente conhecidos, populares e treinados.

 

Texto originalmente publicado em minha coluna no EU ATLETA

http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2015/08/exercite-musculos-do-pe-e-ganhe-mais-estabilidade-na-corrida-com-o-foot-core.html

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Tratamento de corredores
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon